Apps ajudam a monitorar uso de combustível, velocidade e emissões de carros

Aplicativo CleverDrive promete avaliar motorista e ajudá-lo a economizar combustível
"O ser humano é competitivo por natureza, e o Homo automobilis passa uma boa parte de seu tempo disputando corridas com outros membros da espécie – no mundo real e no mundo virtual.



Agora algumas empresas inovadoras estão fazendo uso desse instinto para tentar salvar o planeta, incentivando motoristas a adotar hábitos que lancem menos gás carbônico na atmosfera.

Uma nova leva de aplicativos registra o quanto e como dirigimos diariamente e nos desafia a melhorar nossa pontuação a cada dia.

'Economia de 30%'

Automatic oferece recursos pagos que melhoram consumo energético no carro e em casa
O CleverDrive, por exemplo, se conecta a qualquer carro fabricado depois de 1996 através de um adaptador CleverLink com Bluetooth plugado à chamada porta OBD-2, abaixo do volante.

Com isso, o motorista pode acessar a interface On Board Diagnostics (“Diagnóstico de bordo”, em tradução literal) e monitorar o consumo de combustível, o total de emissões, a velocidade e outros dados úteis.

Em seguida, o aplicativo e um site ligado a ele avaliam o “Eco-Index” (“Índice ecológico”) de cada usuário, que recebe uma nota entre 1 e 10, com pontos deduzidos por variações súbitas de rotação do motor, marcha lenta e freadas rápidas.

O software também reúne informações a longo prazo, analisando seus trajetos mais comuns e sugerindo rotas alternativas para economizar combustível.

Segundo seus fundadores, o objetivo do CleverDrive é oferecer ao motorista “uma compreensão total dos pontos fortes e fracos de seu carro”, o que, segundo eles, pode representar uma economia de combustível de até 30%.

Montadoras no jogo

Painel digital do Fusion Hybrid, da Ford, cria "folhas" para marcar metas importantes
Já o aplicativo Automatic é um produto mais maduro que também precisa de uma ligação via OBD. O software não se concentra exclusivamente na rodagem e oferece vários recursos pagos que podem melhorar o consumo de combustível e também de recursos energéticos em casa.

Além disso, muitas das grandes montadoras estão recorrendo a videogames para melhorar a parte humana do desempenho de suas máquinas.
O Fusion Hybrid, da Ford, cria “folhas” decorativas no painel digital quando o carro atinge alguma marca importante.

O Mini tem um aplicativo para smartphone que dá pontos a seus donos por dirigirem com eficiência. E tanto o Insight, da Honda, quanto o Prius, da Toyota, registram a rodagem e outros indicadores de uma maneira que faz com que os motoristas mais competitivos passem a pensar em outros aspectos do carro e não só na velocidade."

Nenhum comentário: