Tatuagem no olho ganha adeptos e polêmica

Jason Barnum disse que teve problemas para encontrar emprego
"A condenação de um criminoso nos EUA que tinha o globo ocular tatuado chamou a atenção para uma forma incomum de decoração facial que tem menos de uma década, mas vem ganhando adeptos.

Da BBC Brasil 

Jason Barnum, 39 anos, que se declarou culpado de tentar assassinar um policial, tem tatuagens na cabeça e em parte do rosto - lábios, bochecha e metade da testa. Só que o branco do olho direito também foi tatuado - de preto.

Ao depor, o chefe do departamento de polícia da cidade de Anchorage, Mark Mew, pediu ao juiz do estado do Alasca para notar que o rosto de Barnum, segundo ele, mostrava como o réu tinha "decidido há muito tempo que seria hostil às pessoas".

Mas, ao tatuar seu globo ocular, Barnum estava realmente expressando hostilidade? Se nossos olhos realmente são a janela para a alma, o que mais pode um globo ocular tatuado dizer sobre seu dono?

O homem que primeiro experimentou injetar tinta em um globo ocular é um tatuador norte-americano que atende pelo nome de Luna Cobra. Longe de expressar maldade, o objetivo inicial era de se parecer com os personagens de olhos azuis do cultuado filme de ficção científica "Dune".

"Havia uma convenção de tatuadores no Canadá e um velho amigo tinha usado o Photoshop para criar uma imagem em que substituía o branco dos olhos por azul, como em Dune. Eu disse a ele: 'Acho que posso fazer isso de verdade.'"

'Insano'

No dia seguinte, Luna Cobra praticou em três corajosos voluntários.
"Estou ciente do quão insano parece, mas venho fazendo esse tipo de coisa por toda minha vida", diz ele.

Sua técnica, que mudou ao longo dos anos, envolve a injeção de pigmento diretamente no globo ocular para que a tinta repouse sob fina camada superior do olho, ou conjuntiva, que cobre a esclerótica.

Uma única injeção pequena tem tinta suficiente para cobrir cerca de um quarto do olho, que se torna colorido para o resto da vida.

O tatuador diz ter feito isso em centenas de pessoas - em azul, verde, vermelho e preto - de Singapura e Sydney a Londres e EUA.

"Se você quiser divertir-se e decorar seu globo ocular, por que não fazê-lo?", diz ele. "Acho que isso traz o reino de fantasia à vida cotidiana".
Parecer um pouco de outro mundo foi algo que atraiu Kylie Garth, que trabalha no estúdio de Luna Cobra em Sydney.

Antes de tomar a decisão de mudar a cor de seus olhos, Garth tinha passado por uma série de modificações do corpo, incluindo tatuagens no rosto, piercings, orelhas pontudas tipo duendes e a língua bifurcada.

Kylie afirma que resposta a olhos tatuados tem sido boa

"Foi mentalmente intenso", diz ela sobre as várias injeções necessárias para colorir seus olhos de um leve azul, cor que ela se refere como espuma do mar.

"Parece que alguém está cutucando seu olho, em seguida, sente-se uma pressão estranha. Depois, parece que tem um pouco de areia no olho, mas não há dor".

Um cliente que poderia discordar desta descrição é o rapper polonês Popek, que foi filmado ao tatuar os olhos de verde por Luna Cobra, em Londres. Um par de dias depois, ele experimentou uma sensação de queimação dolorosa em seus olhos que o impediu de dormir.

Felizmente, a reação foi temporária. Mais tarde, soube-se que Popek considerava voltar ao tatuador para escurecer as tatuagens.

'Cor de espuma do mar'

Oftalmologistas, porém, alertam sobre o risco de danos aos olhos, e até mesmo a perda da visão.

Garth diz que a reação a seus olhos "cor de espuma do mar" tem sido positiva.

No entanto, quando potenciais clientes ligam para obter informações sobre tatuagem no branco dos olhos, são desencorajados a usar cores escuras.
"Tento manter as pessoas longe de tons escuros, especialmente se têm íris escura", diz Luna Cobra.

"Digo que terão uma aparência assustadora para sempre. E terão problemas para se conectar visualmente às pessoas, porque elas não poderão seguir sua íris".

Luna Cobra sugere ainda que jovens esperem até que tenham um trabalho antes de tatuar o globo ocular de preto, porque senão jamais serão contratados.

À procura de emprego

O depoimento do criminoso Jason Barnum na corte americana confirma a teoria do tatuador.

"Vivia nas ruas, tentei conseguir um emprego, mas é claro que o meu belo rosto não me permite fazer isso", disse Barnum, em Anchorage.

Ao longo dos últimos anos, alguns presidiários dos Estados Unidos, que já usam tatuagens para sinalizar crimes e filiações a gangues, tentaram colorir seus olhos.

Luna Cobra reconhece que o que começou como uma experiência entre amigos, e fãs de Dune, ficou sem controle. Segundo ele, a moda pegou até entre os adolescentes brasileiros e em algumas culturas alternativas russas.
"É chocante. Não tínhamos ideia de que seria assim. E agora todo mundo está obcecado com isso", diz. "É uma pena, porque eu acho que é algo realmente bonito, mas que tomou um curso estranho", complementa.

A Associação Americana de Optometria condena a prática, dizendo que coloca o paciente em risco de infecção, inflamação e cegueira.

"Meu conselho é para não fazer, considerando-se que há risco de dor e perda da visão", diz Jeffrey Walline, presidente da associação.

Apesar dos riscos, a popularidade da tatuagem nos olhos está crescendo. Em pouco tempo, pode não ser tão incomum ficar cara a cara com um estranho cuja aparência é, literalmente, de arregalar os olhos."

Nenhum comentário: