Customize sua camiseta com água sanitária

Use a criatividade para ter uma camiseta personalizada e descolada.
Do Ciclo Vivo

"As técnicas de customização são ótimas alternativas para renovar roupas que já foram muito usadas ou que por algum motivo estão encostadas no fundo do armário. Um jeito simples de dar uma cara nova a uma roupa velha é através da arte.

A técnica é simples e a dica do CicloVivo é usar a criatividade para ter uma camiseta personalizada e descolada. Para isso será necessário: uma camiseta de cor escura (de preferência usada), água sanitária, um borrifador, papelão, papel, lápis e tesoura ou estilete.

O primeiro passo é colocar a água sanitária no borrifador, juntamente com a mesma medida de água. Lembre-se de ter cuidado ao manejar esse material, pois ele mancha os tecidos. Portanto, reserve um local especialmente para fazer esse artesanato e de preferência use luvas.

O preparo da camisa é simples. Após ter separado a peça de cor escura, corte um retângulo de papelão para forrá-la, impedindo que a água sanitária passe para o outro lado.


A criatividade vai ser o diferencial da camisa. Após colocar as ideias no papel, recorte-o e ele servirá de molde para o desenho que será “estampado” da roupa. Com o molde em mãos, cole-o na camiseta, para evitar que ele se desloque e a arte começa a tomar forma. É preciso lembrar que o desenho será como uma sombra, portanto planeje bem o formato antes de passar para a etapa seguinte.

Desenho pronto e camiseta preparada significam que a pintura pode começar. Use o borrifador para despejar a água sanitária sobre a camisa. As gotículas darão um toque especial à cor e o mais legal é que ela não fique muito uniforme, para dar um ar bastante descontraído.

Para finalizar, não deixe o produto químico agir muito no tecido, para não comprometer o trabalho e a qualidade da roupa. Então, assim que a camiseta estiver na cor desejada, coloque-a em uma bacia com água e lave imediatamente. Quando estiver seca ela já estará pronta para o uso. Com informações do O Artesanato.

Nenhum comentário: