Jovem norte-americana garante não produzir lixo há 2 anos

Lauren planeja uma loja para vender produtos feitos por ela mesma.
Do Ciclo Vivo

"A norte-americana Lauren Singer mudou radicalmente a sua vida para deixar de produzir lixo. Mesmo morando em Nova York, uma das maiores metrópoles do mundo, a jovem de apenas 23 anos garante não ter que se preocupar com o descarte de materiais há dois anos.

A história de Lauren foi contada por ela mesma em um depoimento publicado no site MindBodyGreen. Segundo ela, a mudança começou a ser feita há três anos, quando ela se deparou com uma certa “hipocrisia” em sua vida. Como estudante da área ambiental, ela costumava se sentir incomodada com a imensa quantidade de embalagens descartadas pelas pessoas no cotidiano, como sacos de salgadinhos, garrafas plásticas, entre outras coisas.

Certo dia, ao chegar em casa e se preparar para começar a cozinhar o jantar, a jovem abriu a geladeira e percebeu que em sua própria residência, quase todos os alimentos também estavam embalados, desnecessariamente, em materiais descartáveis. Foi assim que ela decidiu que era hora de mudar.

Lauren concluiu que a única forma de eliminar o plástico de sua vida era produzindo ela mesma os itens necessários para a sua alimentação, higiene e limpeza. “Isso incluía tudo, desde pasta de dentes até os produtos de limpeza, todas as coisas que eu não tinha ideia de como fazer, eu tive que aprender, fazendo uma série de pesquisas online”, explicou.

O primeiro passo que ela deu para conseguir se aproximar do objetivo maior foi começar a andar com suas próprias sacolas retornáveis e frascos. Assim, a jovem podia optar apenas por produtos a granel em supermercados. O desapego também foi bastante importante nesta primeira fase. Ela doou as roupas que estavam fora de uso, retirando parte das coisas supérfluas de sua vida, e passou a comprar apenas em lojas de segunda mão.

A norte-americana também começou a atentar mais a detalhes simples.

Recibos em papel, canudos em bebidas, sacolas plásticas, passaram a ser sempre rejeitados. Foi preciso muita persistência, ela mesma garante que não foi fácil e nem rápido, mas é possível.

Em troca, o esforço trouxe recompensas. Optar por alimentos frescos e produzidos localmente deixou as refeições muito mais saudáveis. Lauren também garante que está mais feliz. Sua rotina inclui um dia de compras por semana, em que ela visita mercados e produtores locais para abastecer a geladeira e garantir os ingredientes necessários para produzir itens de limpeza doméstica e higiene pessoal, que, segundo ela, são simples de serem encontrados e fabricados em casa.

As descobertas dessa jovem foram tantas, que ela já planeja a criação de uma loja para revender esses produtos feitos por ela mesma e que ajudam a evitar a produção de resíduos."

Nenhum comentário: