Os segredos das cinco cidades mais saudáveis do mundo para se morar

Cingapura sempre aparece entre as cidades mais saudáveis do mundo
 "Todo ano, diferentes consultorias, jornais e revistas fazem listas das cidades mais saudáveis para se viver no mundo.

Da BBC Brasil 

Os rankings levam em consideração fatores como saúde pública, sistema de transporte e áreas verdes.

Cinco destas cidades são recorrentes em todas as listas.

Mas qual é o segredo delas? Por que seus moradores têm vidas mais saudáveis do que em outros lugares?

Abaixo, a BBC analisou os diferenciais destas cinco "cidades saudáveis".

Cingapura: saúde pública e leis duras contra poluição

Cingapura tem várias competições ao ar livre, como triathlon

A cidade tem um dos menores índices de mortalidade infantil do mundo.
A expectativa de vida é a quarta maior do planeta: 84,07 anos.
Usado por 80% dos moradores, seu sistema público de saúde é um dos mais elogiados do mundo.

Não é totalmente gratuito, mas muitos dos preços são compatíveis com as rendas dos moradores.

A cidade é bastante rígida nas suas leis ambientais. Há penas duras até mesmo para quem cospe ou joga lixo no chão.

Também conhecida como "Cidade Jardim", Cingapura também é um paraíso para quem ama a natureza.

Uma rede chamada Park Connector Network liga 200km de caminhos por meio de parques e jardins.

As ruas da cidade são constantemente usadas para maratonas e eventos de ciclismo.

A cidade adotou até mesmo uma série de medidas contra a especulação imobiliária.

Estrangeiros são proibidos de comprar casas ou apartamentos. Só podem alugar.

Também há vários impostos que impedem que os índices de aumento dos preços de imóveis aumentem por causa da especulação.

Tóquio: transporte limpo e bons hábitos

Sistema de transporte de Tóquio transporta mais gente e emite menos CO2
A cidade tem um dos sistemas de transporte mais eficientes e ecológicos do mundo.

O sistema transporta três milhões de pessoas por dia na região metropolitana, mas, ainda assim, Tóquio têm menos emissões de gás carbônico que a maioria das cidades asiáticas.

A emissão per capita de CO2 em Tóquio é de 4,89 toneladas - em Pequim, esse índice é de 10,8 toneladas.

A alta expectativa de vida na cidade - 84,19 anos - é beneficiada pelo bom sistema de saúde japonês e pelos hábitos saudáveis do país, como uma dieta baseada em peixes, vegetais e arroz.

Os preços de propriedades têm subido bastante na cidade, em parte por causa dos estímulos econômicos dados pelo governo.

Mas também já existe especulação imobiliária por conta das Olimpíadas de 2020, que serão realizadas aqui.

Perth: esporte perto de casa

Perth já é privilegiada pelo belo litoral no Oceano Índico
Entre 1998 e 2009, o número de ciclistas em Perth aumentou em 450%.

Todas as estações de metrô receberam estacionamentos de bicicletas, e o costume local é ir desta forma até o metrô, para depois seguir viagem até o trabalho.

A cidade tem uma vocação natural para esportes e atividades ao ar livre, devido ao clima sempre ameno e às praias no Oceano Índico.

Em outubro do ano passado, a agência de saúde do governo lançou um plano especial para permitir que moradores de Perth possam achar atividades esportivas em parques perto de sua casa.

Copenhague: ciclismo e 'neutralidade' de carbono

Copenhague tem um plano para ser 'neutra em carbono' até 2025
Ciclismo e emissões de carbono também são o segredo da capital dinamarquesa.

A cidade tem um plano de ser a primeira capital "neutra em carbono" até 2025, ou seja, uma cidade que consegue contrabalançar todas as suas emissões de carbono, seja comprando créditos de carbono ou tomando medidas para tirar carbono do ar.

Um dos trunfos da cidade foi conseguir reduzir em 20% suas emissões de gases nocivos ao ambiente desde 2005, graças a um planejamento do governo.

A cidade tem 400km de ciclovias, e 50% de seus moradores usam bicicletas, mesmo em épocas de frio e chuva.

Mônaco: riqueza e... mais riqueza

Com tanta concentração de milionários, Mônaco é um caso único no mundo
É quase injusto compar qualquer cidade do mundo ao principado na riviera francesa, a 15km da cidade de Nice.

Mônaco possui a maior concentração de milionários e bilionários per capita do mundo.

Isso também contribui para que Mônaco tenha a maior expectativa de vida do planeta: 89,6 anos. O sistema de saúde é caro, mas quase todos podem pagar.

Com apenas 2km², Mônaco é também o país com maior densidade de população do mundo.

Com tantos recursos, sobra dinheiro para se investir em ecologia, uma das bandeiras do Príncipe Albert 2.

Os órgãos do governo usam carros elétricos, e todas as conferências realizadas em hotéis de Mônaco são neutras em carbono."

Nenhum comentário: