Crise de água em SP estimula denúncias coletivas

Com técnica de stencil, grupo chama atenção para o desperdício de água para lavagem de calçadas.
 Marcia Sousa, CicloVivo

"Que São Paulo vive uma crise no abastecimento de água já não é novidade. Para conter o desperdício, vem acontecendo um racionamento velado, que não é reconhecido pela Sabesp ou pelo governo do estado, e, mesmo assim, ainda se percebe nas ruas que o gasto de água continua exagerado. Nesse contexto, surgem alguns movimentos para alertar sobre a gravidade do problema.

“Não quero água” é o nome de uma provocante iniciativa de jovens paulistanos para estimular a população a economizar. O grupo sai às ruas pintando essa frase nas calçadas junto à imagem do personagem Cascão, da Turma da Mônica, famoso por não gostar nem um pouco de água."
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: