Instalação mundial de energia fotovoltaica bate recorde em 2013 ao atingir marca superior a 38 GW

Fernanda B. Müller, Instituto CarbonoBrasil

"De acordo com a Associação da Indústria Fotovoltaica Europeia (EPIA), pelo menos 38,4 gigawatts (GW) em energia fotovoltaica (PV) foram instalados ao redor do mundo em 2013, uma marca recorde para a tecnologia. A capacidade instalada mundial agora seria de 138,9 GW.

Segundo a EPIA, o mercado PV cresceu acentuadamente em 2013, mesmo em comparação com os dois anos anteriores, que já tinham sido considerados excelentes e registrado um aumento de capacidade em torno de 30 GW.

O ano marcou também a tomada da liderança mundial no setor pela Ásia, que ultrapassou a Europa. O bloco dominava o mercado desde 2003.

O relatório da EPIA aponta que, em grande parte, a evolução do setor tem correspondido ao desenvolvimento econômico de cada país. Após ter se enraizado nas nações da OCDE, o mercado PV começou a alcançar os emergentes.

A China foi o principal mercado, com 11,8 GW instalados, seguida do Japão, com 6,9 GW, e dos Estados Unidos, com 4,8 GW. O único comentário que a EPIA faz sobre o Brasil é que, apesar do potencial imenso, o país ainda não desenvolveu muitos sistemas.

A Alemanha foi o principal mercado PV na Europa, com 3,3 GW conectados. O bloco como um todo já tem 3% da sua demanda por eletricidade atendida pela fonte.

A EPIA prevê que a tendência de globalização dos mercados PV observada em 2013 continuará e será acentuada nos próximos anos. Além disso, na Europa, a situação caminha para uma solidificação do mercado, que deve ficar em torno de 10 GW ao ano.

“A situação da Europa no final do ano passado mostra que a PV, assim como qualquer outro negócio no setor energético, permanece dependente das políticas públicas. Uma série de medidas retroativas foi implementada nos últimos anos em vários países europeus, levando à retração acentuada observada no mercado em 2013”, comentou Oliver Schäffer, presidente da EPIA.

Apesar disso, pelo terceiro ano seguido, em 2013 a fotovoltaica esteve entre as duas fontes mais instaladas de eletricidade na União Europeia.

“A PV está se tornando um dos principais componentes do sistema de eletricidade ao redor do globo, mudando a forma como o nosso mundo é energizado. Legisladores e stakeholders do setor energético agora devem compreender que as redes e os mercados elétricos precisam ser adaptados para se encaixarem nessas novas realidades e facilitarem uma transição eficiente financeiramente”, concluiu Schäffer."

Nenhum comentário: