Tecnologia transforma xixi de astronautas em energia

A urina dos astronautas pode ser transformada em água potável ou em combustível.
Redação, CicloVivo

'Um dos maiores problemas enfrentados por astronautas em viagens espaciais é como lidar com todo o xixi produzido durante as expedições. Porém, essa dificuldade parece estar com os dias contados. De acordo com estudo publicado na revista ACS Engenharia e Química Sustentável, essa urina pode ser transformada em água potável ou em combustível.

Ao invés de seguir modelos tradicionais e ejetar os resíduos líquidos no universo, os pesquisadores Eduardo Nicolau e Carlos R. Cabrera, da Universidade de Porto Rico e do Centro de Pesquisa da NASA na Califórnia, sugerem que seja possível aplicar uma técnica simples e barata para trata-los ainda na viagem.

De acordo com os cientistas, os dejetos humanos são responsáveis por cerca da metade dos resíduos totais de uma missão. Portanto, esta reciclagem é imprescindível para garantir a sustentabilidade e o ambiente limpo para os próprios astronautas.

O método apresentado recentemente descarta a necessidade do uso de água trazida da Terra, o que torna o processo muito mais barato. Além disso, através de sistemas de osmose é possível combinar a urina com células de combustível e produzir energia.

O sistema foi apelidado de Bioreator Eletroquímico de Ureia (UBE, na siga em inglês). Nele, a equipe tratou a mistura de urina com águas residuais, obtendo amônia. Após ser acomodada em um biorreator, essa substância foi transformada em energia com sucesso.

Apesar de ter sido pensado para a aplicação em viagens espaciais, os pesquisadores informam que o sistema seria eficiente no tratamento de qualquer água residual que contenha ureia e/ou amoníaco. O UBE também é capaz de remover 80% do carbono orgânico e converter com sucesso 86% da ureia em amônia."

Nenhum comentário: