'Botos podem desaparecer em até dez anos no AM', alerta pesquisadora

Filhote é devolvido ao rio depois de rápida captura para coleta de material biólogico. Por meio desse estudo, foi descoberto que 10% da população dos botos vermelhos estava desaparecendo no Amazonas (Foto: Divulgação/Ampa)
"Estudo diz que 10% da população de boto vermelho some a cada ano no AM.
Captura de animal para pesca de piracatinga preocupa especialistas. 


Camila Henriques, G1 AM

Existente apenas na Amazônia, o boto vermelho pode se tornar somente personagem do folclore regional em um futuro não tão distante. É o que afirma a pesquisadora e bolsista do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Nívia do Carmo. Em entrevista ao G1, ela apresentou uma estimativa que preocupa: caso a matança nas comunidades ribeirinhas continue em ritmo acelerado, o animal pode ser extinto em até dez anos.

Segundo a pesquisadora, atualmente existem mais de dez mil botos vermelhos no Amazonas. No entanto, esse número tem diminuído. Na região do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, localizado em Tefé (a 523 km de distância de Manaus), por exemplo, é registrado o desaparecimento de aproximadamente 1.350 exemplares por ano - o que representa 10% da população de botos vermelhos na região. “É muito, porque ele é um animal que demora a chegar na sua vida sexualmente ativa. A fêmea tem a sua primeira relação sexual depois de sete anos. Ela fica grávida por sete meses, cuida do filhote por cinco anos - dois deles, amamentando. É muito tempo de cuidado parental para uma matança tão rápida”, alertou.

E o que ocasiona esse desaparecimento precoce da espécie? De acordo com Nívia, a pesca da piracatinga é o principal fator. Com o intuito de capturar (e depois comercializar) o peixe, pescadores utilizam o boto vermelho como isca. “Essa matança está sendo muito mais forte aqui no Amazonas. Aqui, os pescadores fecham o boto em uma rede ou o atingem com um arpão. Essa pescaria é feita em apenas duas horas. Nesse período, eles conseguem pegar até uma tonelada do piracatinga”, afirmou."
Matéria Completa, ::AQUI:: 

Nenhum comentário: