Chinês cria impressora que utiliza água ao invés de tinta

O papel é tratado com um corante invisível.
Redação Adnews

"Um cientista chinês inventou algo que se parece com uma impressora comum, mas ao invés de tinta utiliza apenas água. Além disso, a impressão desaparece em apenas um dia, o que permite a reutilização da folha. Trata-se de uma solução econômica e sustentável num mundo que já totalmente digital, mas que ainda não conseguiu se livrar da utilização de papéis.

“Inúmeras estatísticas internacionais indicam que aproximadamente 40% das impressões de escritório vão para o lixo após uma única visualização”, afirmou Sean Xiao-Um Zhang, professor de química na Universidade de Jilin, na China, que supervisionou o trabalho de inovação.

O truque está no papel, que é tratado com um corante invisível, e releva suas formas e cores apenas quando entra em contato com a água. Os testes apontaram que a impressão desaparece aproximadamente em 22 horas, que é o tempo em que a água evapora, quando a folha está exposta em temperaturas abaixo de 35 graus Celsius.

De acordo com o professor Zhang, que escreveu um artigo sobre seu projeto na revista Nature Communications, a impressão é clara e a tecnologia barata. Ainda de acordo com o químico, mesmo que a folha seja reutilizada apenas uma dúzia de vezes, o custo ainda seria cerca de um décimo sétimo da versão comum de impressora, que utiliza jato de tinta.

Trabalhos anteriores, na busca de uma tinta que desaparece, tendiam a produzir uma impressão de baixo contraste, muitas vezes com custo elevado, e que às vezes usavam produtos químicos perigosos."

Nenhum comentário: