7 razões pelas quais os vegetarianos vivem mais

Envolverde / Redação do EcoD


"Pressão sanguínea baixa, menos chances de doenças do coração e bom humor são alguns dos motivos que fazem com que os vegetarianos possam viver mais do que os carnívoros.

Um novo estudo divulgado pela publicação médica JAMA Internal Medicine analisou as informações de sete pesquisas clínicas e outras 32 publicadas entre os anos de 1900 e 2013, nas quais os participantes mantiveram uma dieta vegetariana e descobriram que tinham menos pressão sanguínea comparado a quem come carne.

Conheça abaixo as sete razões:

1) Pressão sanguínea baixa: no último estudo, pesquisadores descobriram que não apenas os vegetarianos têm baixa pressão sanguínea na média, mas que estas dietas podem ser usadas para baixar a pressão em pessoas que precisem de uma intervenção.

2) Baixo risco de morte: um estudo realizado em 2013 com mais de 70 mil pessoas descobriu que vegetarianos têm 12% a menos de riscos de morte quando comparados com não-vegetarianos. Com nada de gordura saturada e colesterol – que entope as artérias – os vegetarianos têm um risco menor para doenças crônicas.

3) Bom humor: um estudo de 2012 dividiu participantes, indiferentemente, entre três dietas: com todos os tipos de carne permitidos, apenas peixe e vegetariana. Os pesquisadores descobriram que, depois de duas semanas, as pessoas na dieta vegetariana apresentaram melhoras no humor em comparação com os outros grupos.

4) Menos chances de doenças do coração: em outro estudo de 2013, que abordou 44 mil pessoas, mostrou que os vegetarianos são 32% menos suscetíveis a desenvolver doenças isquêmicas do coração.

5) Baixo risco de câncer: pesquisadores da Universidade loma Linda, na Califórnia (EUA) estudaram versões diferentes da dieta vegetariana e o risco de câncer entre pessoas com baixo risco de ter a doença. Eles descobriram que uma dieta vegetariana pode trazer benefícios. Embora o estudo não tenha um resultado determinante para o assunto, os veganos têm baixo risco para cânceres, especificamente os mais comuns entre as mulheres, como o de mama.

6) Baixo risco de diabetes: estudos mostraram que vegetarianos têm baixo risco para desenvolver diabetes. Mesmo que a dieta não cure a doença, pode baixar o risco de uma pessoa ao ajudá-la a manter o peso e melhorar o controle de açúcar no sangue.

7) Baixa probabilidade de obesidade: pesquisas mostram que os vegetarianos tendem a ser mais esguios que seus colegas carnívoros, e eles tendem a ter baixo colesterol e massa muscular. Alguns dados sugerem que uma dieta vegetariana pode ajudar com a perda de peso e a manutenção de um peso saudável com o tempo.

* Publicado originalmente no site EcoD.

Nenhum comentário: