LG apresenta primeira televisão curvada do mundo, imitando IMAX



“Após anunciar o seu modelo de smartphone de tela curva flexível, a sul-coreana LG aproveitou a sétima edição da Fiam (Feira Internacional da Amazônia), evento da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), para apresentar seu mais recente lançamento no mercado de televisores. Fabricada na capital amazonense, a “Curved OLED TV” é a primeira televisão curvada do planeta que, segundo representantes da empresa no evento, tenta imitar a tecnologia IMAX, usadas em cinemas mundo a fora.

O curvamento da tela de 55 polegadas e resolução Full HD (1080p) só foi possível porque a empresa adotou justamente o formato OLED, com diodos orgânicos – que são flexíveis. O alto curvamento da tela permite que o usuário tenha um bom ângulo de visão de qualquer ponto de um ambiente, fator que ainda é reforçado pelo alto contraste da tela. Em apresentação ao Jornal GGN, os representantes afirmaram que o nível de contraste é “infinito” – uma forma de dizer que os níveis de saturação de cores permanecem os mesmos em qualquer situação de iluminação ambiente.


Apesar do tamanho, a televisão possui uma espessura muito pequena: 4,7 mm, sendo mais fina que a média de espessura dos smartphones existentes no mercado. Outra característica do modelo é que sua estrutura é feita de fibra de carbono, tornando o televisor muito leve, com apenas 17,2 quilos. A base de acrílico transparente gera um impressionante efeito de flutuação do aparelho: quando em funcionamento, sobretudo em um ambiente com pouca luz, as cores emitidas pelas imagens “vazam” pelas bordas transparentes, gerando uma sensação agradável ao usuário.

Três dimensões

Também testamos a tela 3D do equipamento, que vem com quatro pares de óculos para essa finalidades e outros dois extras, exclusivamente para jogos de três dimensões. O efeito 3D do equipamento é impressionante, natural, sem causar desconforto visual ao usuário – superando, em muito, outros modelos. Muitos efeitos em 3D de cinemas e tevês geram uma sensação de camadas em 2D que se separam da tela – algo que não consegue se aproximar das três dimensões reais. No caso do modelo da LG, o efeito de camadas é imperceptível, gerando um resultado muito realista. Os óculos também são flexíveis, adaptando-se facilmente ao rosto do usuário.

Outra novidade apresentada no modelo são as caixas acústicas fixadas na base acrílica do aparelho. Feitas em película, as caixas são igualmente finas, flexíveis e semi-transparentes, gerando um efeito de mimetismo e quase desaparecendo na estrutura. O pequeno tamanho das caixas não compromete sua potência: são 40W com baixos níveis de ruído mesmo quando estão em alto volume – qualidades averiguadas durante testes realizados no próprio stand da empresa, na Fiam.



O televisor também possui conectividade com a Internet por meio de uma antena wi-fi embutida e componentes de conexões NFC (sigla em inglês para o equivalente a “Comunicação de campo próximo”), além de vir com uma câmera HD extra para ser usada para conferências em vídeo via Skype. O aparelho possui ainda 4 entradas HDMI (áudio e vídeo conjugados), portas USB, duas entradas para cabos coaxiais e saída para fone de ouvido.

A TV possui um controle remoto que funciona como um mouse: o usuário aponta para a tela e move um cursor. A comunicação funciona por meio de tecnologia Bluetooth, permitindo que outros controles de smart TV possam ser usados no novo modelo e até mesmo os tradicionais mouses e teclados. Tantos recursos são diretamente proporcionais ao preço: R$ 45 mil.”

Nenhum comentário: