Google retira imagem de adolescente morto de mapa online


Após reclamação, Google aceita retirar imagem de jovem morto de mapa online. Gigante da internet afirma que será um desafio atualizar o seu sistema, que muda automaticamente


A Google concordou em retirar do serviço Google Maps uma imagem feita por satélite que mostra um adolescente morto.

Kevin Barrera foi morto em 2009, e seu corpo foi jogado próximo a um trilho de trem na cidade de Richmond, no Estado americano da Califórnia.

O pai do menino, José Barrera, fez um apelo ao Google para que a imagem fosse retirada do site. Nela, o corpo de Kevin pode ser visto próximo a policiais que estão investigando a morte do menino.

“Quando vejo essa imagem, é como se tivesse acontecido ontem. E isso me traz muitas memórias”, disse José Barrera.

O Google Maps possui mapas e fotos de satélite de milhões de ruas em todo o planeta e pode ser acessado gratuitamente pela internet.

Oito dias

A empresa disse que a troca da imagem é um desafio, e que poderá demorar até oito dias para ser concretizada.

“Desde que a imprensa entrou em contato conosco sobre a imagem, começamos a estudar diferentes soluções tecnológicas”, diz.

O sistema Google Maps refaz automaticamente todas as imagens de satélite de tempos em tempos. Em geral, as imagens vistas podem ser de entre um e três anos atrás.

“A Google nunca acelerou essa reposição de imagens de satélite atualizadas em nossos mapas antes, mas dadas as circunstâncias especiais queríamos abrir uma exceção nesse caso.”

O serviço Google Street View – que mostra fotografias capturadas pela própria empresa por meio de carros com câmeras em ruas de diversas cidades do planeta – conta com um sistema para que pessoas retratadas possam pedir para serem retiradas das fotos.

No entanto, o Google Maps, que trabalha com imagens de satélite, não possui o mesmo tipo de sistema.

BBC

Nenhum comentário: