Ciência busca causa de colapso das colônias de abelha no mundo


Abelhas estão diminuindo ao redor do mundo e cientistas ainda não descobriram o motivo. (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)

Uma das possibilidades é que pesticida esteja matando as abelhas. Diminuição das abelhas pode ter forte impacto no cultivo de frutas.

Do G1 / EFE

Mesmo após anos de intensa pesquisa, os cientistas ainda não conseguiram determinar o que está matando as abelhas ao redor do mundo, segundo um relatório apresentado nesta terça-feira (10) na reunião anual da Sociedade Química Americana.

"Deixando de lado que são os primos das abelhas - vespas, marimbondos e besouros - os responsáveis pela maioria das picadas, nós deveríamos nos preocupar mais com as abelhas", disse o professor de entomologia da Universidade Técnica da Virgínia, Richard Fell, em sua apresentação durante a reunião em Indianápolis, nos Estados Unidos.

"Alguns cálculos estimam o valor das abelhas na polinização dos cultivos de frutas e outros vegetais em quase US$ 15 bilhões por ano", acrescentou.

Sem as abelhas para fazer a polinização, os frutos não se desenvolvem e 'isso terá um enorme impacto sobre os consumidores, já que afeta o preço de alguns dos alimentos mais saudáveis e desejados', continuou.

Os agricultores usam as abelhas para polinizar mais de 100 tipos de cultivos de frutas e vegetais e o fazem através da instalação de colmeias de abelhas nos campos quando as plantas estão prontas para a polinização.

O maior impacto da diminuição da população de abelhas será sentido nas fazendas que produzem cultivos que necessitam da polinização, como as amêndoas.

Fell afirmou que a diminuição das populações de abelhas nos Estados Unidos e em outros países acontece devido a uma condição denominada de "transtorno de colapso das colônias".

Apesar de as abelhas terem experimentado uma melhora nos últimos anos, alguma coisa continua matando uma em cada três por ano. "Há bastante informação errada na imprensa popular sobre a decadência das colônias, especialmente no que se refere aos pesticidas", disse Fell.

"É importante enfatizar que não conhecemos as causas da decadência das colônias e que, provavelmente, são vários os fatores envolvidos", explicou.

Algumas das teorias mais aceitas sobre a razão da decadência das colmeias mencionam o uso de certos pesticidas, a presença de parasitas, doenças e a nutrição geral das colmeias.

Os apicultores defendem a suspensão do uso de certos neonicotinoides, um tipo de inseticida que alguns consideram como a causa principal da destruição das colônias.

Entretanto, Fell disse ser prematuro afirmar que este é o motivo da decadência das abelhas: a Agência de Proteção Ambiental dos EUA estudou recentemente a situação e não encontrou provas científicas de que os neonicotinoides causam problemas graves nas colônias de abelhas.”

Nenhum comentário: