Índia suspende teste de cosméticos em animais


Mais de 1.200 empresas em todo o mundo suspenderam os testes em animais


‘A medida que proíbe os testes foi aprovada após uma extensa campanha da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), organização internacional de defesa aos animais. Houve também longas discussões com cientistas e o governo indiano aderiu à proibição assim como a União Europeia e Israel.

"O fim de cruéis e pouco confiáveis testes de cosméticos é uma vitória para os animais e para a ciência", disse o assessor científico de política da PETA na Índia, Dr. Chaitanya Koduri, que integra o Comitê de Cosméticos Seccional da Índia e se reuniu com a Controladoria Geral do país, no início desta semana, para discutir a proibição. "PETA Índia está ansiosa para trabalhar o próximo passo com o governo: a proibição de testes de produtos de limpeza doméstica e produtos semelhantes."

No início de março, a empresa japonesa Shiseido também anunciou a suspensão dos testes de cosméticos. Já a União Europeia proibiu a importação e a comercialização de qualquer ingrediente ou produto de beleza oriundo dos testes realizado em animais.

Mais de 1.200 empresas em todo o mundo, incluindo The Body Shop, Urban Decay, Paul Mitchell e Tom's of Maine, juntaram-se a lista das empresas do PETA que não realizam testes em animais na elaboração de seus produtos.”

Para saber mais sobre a atuação da PETA Índia clique aqui

Nenhum comentário: