Podemos falar a língua dos golfinhos? É certo: eles conversam entre si


“Há 28 anos, Denise Herzing passa cinco meses a cada verão vivendo com um grupo selvagem de golfinhos-pintados-do-Atlântico, seguindo três gerações de relações familiares e seus comportamentos. Está claro que eles se comunicam entre si - mas isso é uma linguagem? Os humanos podem usá-la também? Ela compartilha um experimento inédito e fascinante para testar esta ideia

Oásis / Brasil 247

Denise Herzing passou três décadas pesquisando e se comunicando com golfinhos selvagens em seu meio natural e respeitando as suas condições e exigências. No livro "Dolphin Diaries" ele conta a sua extraordinária experiência com esses cetáceos.

Desde 1985 ela passa os verões numa área marítima junto ao arquipélago das Bahamas, como parte do Wild Dolphin Project. Esse trabalho possibilitou a Denise entender melhor a estrutura social do grupoo de cetáceos que observa, seu comportamento, meios de comunicação e o seu habitat natural.
A pesquisadora Denise Hersing durante palestra no TED
Um dos aspectos mais notáveis de sua pesquisa são os equipamentos que inventou para possibilitar aos humanos uma forma de comunicação com os golfinhos.”
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: