Zooterapia: Contato com bichos pode curar doenças


Cães, gatos, cavalos, pássaros e peixes, são alguns dos animais muito usados na zooterapia – a ciência que estuda as possibilidades terapêuticas do contato com os bichos

Por: Equipe Oásis

Desde a mais remota antiguidade os bichos fazem parte do cotidiano dos homens, seja como alimento, força de trabalho, ou, simplesmente, como companhia, os famosos pets, termo em inglês para designar os bichinhos de estimação. Mas nem todos sabem que os animais também podem ter grande contribuição em uma área específica da medicina, denominada zooterapia, cujas técnicas são utilizadas para o tratamento de inúmeras doenças, tanto psicológicas quanto físicas.

Esse tipo de contato com os animais, incluindo cães, gatos, cavalos, peixes, tartarugas, pássaros e outros, vem proporcionando o aumento da afetividade, do ânimo e da socialização de jovens, adultos e idosos. É o que mostra o projeto "Desenvolvendo a afetividade de idosos institucionalizados através dos animais", implantado desde 2006 pela professora Maria de Fátima Martins, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP).

A zooterapia é uma ciência que visa estudar a interação do ser humano com o animal, mas sob o ponto de vista terapêutico e educacional. Ou seja, não mais o bicho como comida, não mais como companhia, mas sim estudado e colocado de forma a ajudar as pessoas, sobretudo quando elas se encontram em situações de estresse e depressão.
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: