Biólogos avistam no Canadá a primeira baleia negra em 60 anos


Foto divulgada pela guarda-costeira canadense mostra a baleia negra (Foto: AFP/Fisheries and Oceans Canada)


Espécie é uma das mais ameaçadas de extinção do mundo. Alvo de forte captura no século 19, animal foi visto só 6 vezes no século 20.

Do G1 / France Presse

Uma baleia negra do Pacífico Norte, um dos animais mais ameaçados de extinção do mundo, foi avistada nos últimos dias pela primeira vez em mais de 60 anos na costa ocidental do Canadá, anunciou nesta quinta-feira (20) o ministério de Pesca e Oceanos.

Um navio da guarda-costeira canadense que cruzava as Ilhas da Rainha Carlota, na fronteira com o estado americano do Alasca, pôde observar o animal em várias ocasiões.

"Quando percebemos o que estávamos vendo, não podíamos acredita"', declarou em um comunicado James Pilkington, biólogo do ministério a bordo do navio.

A baleia negra foi vista em águas canadenses apenas seis vezes durante o século 20, a última há 60 anos.
A espécie é considerada uma das mais ameaçadas do planeta.
Esta baleia de pele negra e mandíbula curva pode medir até 17 metros e pesar 90 toneladas.

Durante o século 19, foi capturada intensivamente, até que nos anos 1960 sua pesca foi declarada ilegal. Calcula-se que restem entre 300 e 400 espécimes no Canadá, Alasca e Mar de Behring.”

Um comentário:

Anônimo disse...

Se foi vista há 60 anos, como pode estar ameaçada de extinção. Nesse tempo será que não deu pra se reproduzirem?