Portugal gerou 70% de sua eletricidade de fontes renováveis no 1º trimestre de 2013


Jéssica Lipinski, Instituto CarbonoBrasil

“Portugal bateu o recorde europeu de geração de eletricidade a partir de fontes renováveis, atingindo a marca de 70% no primeiro trimestre de 2013, afirmaram as Redes Elétricas Nacionais (REN), órgão que gerencia a energia elétrica do país.

O relatório da REN aponta que 37% da energia vem de fontes hidrelétricas, cuja produção aumentou 312% em relação aos números do último ano devido às excelentes condições climáticas.

Já a energia eólica contribuiu com 27% da geração de eletricidade, e a produção aumentou 60%, também por causa de condições climáticas favoráveis. Essas são as duas formas de energia mais importantes do país, e juntas elas quase dobraram sua geração entre 2012 e 2013.

Por outro lado, a produção de eletricidade a partir do carvão caiu 29% em comparação com 2013, e a geração do gás natural foi reduzida em 44%.
No total, o consumo de eletricidade caiu 2,3%, embora isso tenha ocorrido principalmente devido a temperaturas mais altas do que a média no inverno e pelo ano ter sido marcado por muitos feriados em dias úteis. Levando essas informações em consideração, a redução real do consumo de eletricidade foi de apenas 0,4%.

“Esses números confirmam a tendência de abrandamento na queda do consumo que começou a verificar-se no final do ano passado. Em março registou-se mesmo uma evolução positiva com um crescimento de 4,7%, ou 1,6% com correção de temperatura e dias úteis”, explicou João Milheiro Batista, da REN.

Ainda assim, a diminuição apresentada é um dado positivo pra o país, que tem reduzido o consumo de eletricidade desde 2010. Para se ter uma ideia, os níveis atuais estão abaixo dos de 2006.

Os dados do órgão ainda indicam que Portugal exportou o equivalente a 6% do consumo nacional de energia para outros países.”

Nenhum comentário: