Pequenos negócios deveriam ter tratamento diferenciado na política energética nacional


Vanessa Brito, do SEBRAE / Envolverde

“O Sebrae Rio de Janeiro foi uma das primeiras instituições a se dedicar ao tema Eficiência Energética (EE) no país. Há 33 anos, começou a desenvolver e aplicar metodologia nessa área com o objetivo de reduzir e otimizar o consumo de energia elétrica nas micro e pequenas empresas. Os benefícios da EE acarretam em menos custos aos empresários, melhores preços para os consumidores, ganho de competitividade aos empreendimentos e maior equilíbrio ambiental.

A tarefa pioneira do Sebrae RJ foi desenvolvida por equipe de técnicos, entre eles o engenheiro eletricista Ricardo Wargas, que lá trabalha desde 1983. Há 11 anos, é responsável pela gerência da Unidade de Inovação e Acesso à Tecnologia da instituição.

Ao longo desse período, Wargas atuou em programas e projetos de EE no estado fluminense, acompanhando todos os passos do Sebrae RJ nesse campo, inclusive, quando a instituição se tornou parceira do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) da Eletrobras, da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) e de outras instituições nacionais e internacionais. Participou e desenvolveu diversas ações, entre diagnósticos energéticos, cursos, palestras, missões técnicas, entre outras.

Como participante e protagonista da trajetória percorrida pelo Sebrae RJ no campo de EE, o engenheiro eletricista acumulou experiência, conhecimento e se tornou especialista no tema, sempre voltado aos pequenos negócios. Para Wargas, EE é uma das questões mais importantes da atualidade e é fácil entender porque está na pauta de chefes de Estado, dirigentes de grandes corporações mundiais, cientistas, formadores de opinião, entre outros. O tema também é fundamental para o Brasil, tanto que, recentemente, o governo criou mecanismos para reduzir as tarifas de energia elétrica. A decisão visa estimular a economia e aliviar custos do setor industrial.”
Entrevista Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: