Caça ilegal abate pássaros em rota de migração

Todos os anos, milhares de pássaros protegidos são mortos ilegalmente durante temporada de caça em Malta.

Do G1 / BBC

Todos os anos, milhares de pássaros protegidos são mortos ilegalmente durante a temporada de caça em Malta, ao sul da Itália.

As aves, muitas delas raras, atravessam o arquipélago com destino à Europa continental durante a época de acasalamento, que ocorre na primavera. Veja galeria de fotos.

 
Caçadores são autorizados a atirar em somente dois tipos de pássaros - codornas e rolas. E, mesmo assim, dentro de uma cota. O abelharuco acima foi atingido ilegalmente e, mesmo sendo levado a um veterinário, não conseguiu ser salvo. A Federação para Caça e Conservação de Malta (FKNK) diz que não tolera a atividade. (Foto: Jez Toogood)
Esporte tradicional em Malta, a caça de pássaros é extremamente regulada.

Caçadores são autorizados a atirar em somente dois tipos de pássaros - codornas e rolas. E, mesmo assim, respeitando uma cota.

No entanto, a fiscalização rígida não impede que aberalhucos, tartaranhãos e cucos sejam abatidos em pleno voo.
 
Joe Perici Calascione (na foto acima à esquerda) é o presidente da FKNK. Neste ano, mais de 9 mil candidatos se registraram para conseguir uma licença de caça a codornas e rolas. Os participantes só estão autorizados a atirar em quatro aves, em um máximo de duas por dia, durante a temporada de caça na primavera. (Foto: Ruth Paecey

Um comentário:

Anônimo disse...

Malta é uma ilha e essas especies são invasoras e pode pode causar a extinção das especies nativas.