Pesquisa de Rio Preto mostra que pombo transmite 50 tipos de doenças


Em Rio Preto, alguns bairros sofrem com a infestação de pombos (Foto: Reprodução / TV Tem)

Fezes das aves podem conter um fungo que traz problemas à saúde. Doença mais grave é a meningite e o contágio é feita pela inalação.

Do G1

Uma pesquisa realizada pela Famerp, a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (SP), apresenta números preocupantes sobre os pombos, aves bem comuns na região noroeste paulista. Segundo a pesquisa, a ave é capaz de transmitir pelo menos 50 tipos de doenças. Quem alimenta essas aves, pode contribuir para o surgimento de doenças, como a meningite.

Os pombos estão por toda a parte, nos fios da rede elétrica, nos telhados das casas, no chão. Já deu para perceber que os pombos se adaptam bem ao ritmo da cidade. Só que a convivência com as aves não vem sendo uma tarefa fácil para a dona de casa Daniele Garcia. O imóvel da dona de casa está à venda desde dezembro, mas por conta dos hóspedes inoportunos até agora ninguém se interessou na compra. “Corretor de imóvel chega aqui e o cliente não quer descer porque tem crianças e tem medo que aconteça alguma coisa”, afirma.”
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: