Labradores visitam diariamente lago onde dono morreu afogado em SP


Folha de S. Paulo

Durante uma semana, a vida de Max e Lua foi esperar. O cheiro, a voz, os afagos, tudo faltava, alguma coisa estava fora de lugar. Afoito, o casal de cães labradores passou os dias às margens de uma lagoa em Araçatuba (a 527 km de São Paulo).

Os dois correram em círculos, farejaram a grama. Estavam, na verdade, aguardando que o dono, o vigilante Luís Almeida, 46, voltasse logo.”
Foto: Edmaura Souza/Divulgação
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: