Compulsão alimentar afeta 10% dos adolescentes, aponta pesquisa da USP


Comer muito e rapidamente alimentos
de baixo teor nutritivo, transtorno alimentar
frequente de adolescentes
(©Mieke Dalle/Folhapress)

Estudo feitos na capital paulista mostra ainda que, para controlar o peso, muitos adotam práticas nada saudáveis, como pular refeições, substituir alimentos, tomar remédios e até fumar


A compulsão alimentar é o comportamento de risco mais comum entre estudantes de escolas técnicas estaduais localizadas na capital paulista diagnosticados com algum tipo de transtorno alimentar. Uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública da USP, que entrevistou 1.167 desses alunos, constatou que 10,3% deles sofrem de compulsão. ou seja, em curto espaço de tempo comem descontroladamente e em quantidade maior do que outra pessoa comeria na mesma situação.

“O dado é preocupante porque a compulsão alimentar pode levar à obesidade ou desencadear comportamentos compensatórios para o controle do peso, como o uso de laxantes, diuréticos ou vômito auto-induzido”, explicou a nutricionista Greisse Viero da Silva Leal, que fez a pesquisa para seu doutoramento em Saúde Pública. O objetivo foi identificar o predomínio de comportamentos de risco para transtornos alimentares (TA), práticas não saudáveis para controle do peso (PNSCP) e fatores associados entre os adolescentes, que podem evoluir para distúrbios alimentares como anorexia nervosa, bulimia e transtorno da compulsão alimentar periódica, além do excesso de peso.”
Matéria Completa, ::AQUI::

Um comentário:

Anônimo disse...

http://www.magroparasempre.com/infopage.aspx?pack=mps&cid=320507&ad=XX