Chimpanzés são capazes de trabalhar em grupo, diz estudo

Bebê chimpanzé acompanhado de grupo de adultos (Foto: Brian Szekely/Virginia Tech/Divulgação)

Duplas de animais dividiram ferramentas para abrir caixa com frutas. Para cientistas, comportamento se assemelha ao de seres humanos.

Do G1

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Max Planck, na Alemanha, e pela Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha, aponta que os chimpanzés são capazes de coordenar ações entre si, de forma semelhante ao que fazem os humanos. Eles demonstraram que podem trabalhar em grupo e pareceram entender que ajudar um colega a cumprir uma tarefa pode trazer um ganho coletivo, afirma o estudo, publicado nesta terça-feira (19) no periódico "Biology Letters".

Na pesquisa, duplas de animais receberam ferramentas para ajudar a retirar uvas de caixas de plástico fechadas. O objetivo era que eles trabalhassem juntos, cada dupla com seus instrumentos, para abrir as caixas e obter as frutas.

Os chimpanzés foram capazes de cumprir as tarefas e trocar entre si as ferramentas para resolver o problema, dizem os cientistas.

"Muitas espécies de animais cooperam para atingir benefícios mútuos, como defender território ou caçar presas. No entanto, o nível de coordenação é muitas vezes vago, e o sucesso nas ações parece depender de ações simultâneas, mas independentes", disse a cientista Alicia Melis, uma das autoras do estudo.

Alicia enfatizou, na pesquisa, que o objetivo foi "descobrir de onde as habilidades humanas de cooperação e trabalho em equipe possivelmente surgiram e se elas são únicas para nossa espécie ou não". Foram estudados 12 primatas do Santuário Sweetwaters para Chimpanzés, localizado no Quênia, na África.

Os animais foram divididos em duplas e colocados diante de caixas de plástico fechadas com frutas - foram alocados chimpanzés tanto na frente quanto na parte de trás dos recipientes. Um dos animais de cada dupla recebia duas ferramentas para abrir a sua respectiva caixa.

Em 10 dos 12 casos, os animais perceberam que, para resolver o problema, teriam que dar uma ferramenta para seu colega de dupla. E em 73% das tentativas, os chimpanzés escolheram os instrumentos certos para entregar a seus companheiros para cumprir o objetivo de retirar as frutas, dizem os cientistas.

"O estudo mostra, pela primeira vez, que os chimpanzés prestam atenção nas ações de seus companheiros quando realizam uma atividade em colaboração", diz a pesquisadora Alicia.

Ela afirma que, após a primeira troca de ferramentas entre os animais, a taxa de sucesso na execução repetida do teste subia: em 97% dos casos, o objeto entregue ao colega de dupla para cumprir a tarefa foi o correto; e os chimpanzés passaram a ser bem-sucedidos na tarefa em 86% das tentativas de obter as uvas.”

Nenhum comentário: