Carros poluidores devem ser proibidos no centro de Londres


O intuito da proibição é melhorar a qualidade do ar e incentivar o desenvolvimento de tecnologias limpas. | Foto: Judy van der Velden/Flickr


“De olho na redução das emissões de gases de efeito estufa, o prefeito de Londres, Boris Johnson, anunciou uma medida que proíbe a entrada de veículos poluidores no centro da capital britânica. O intuito é melhorar a qualidade do ar e incentivar o desenvolvimento de tecnologias limpas.

A proposta foi revelada na última semana e o prazo estipulado para que a medida seja efetivamente aplicada expira em 2020. Johnson informou que essa mudança pode transformar o centro de Londres na primeira zona do mundo com níveis ultra-baixos de emissões.

Conforme informações do jornal Financial Times, a Kings Collefe of Londres, empresa responsável pela medição da qualidade do ar na cidade, identificou níveis de dióxido de nitrogênio acima do permitido na União Europeia. Isso torna o ar prejudicial à saúde da própria população local.

As primeiras medidas aplicadas pelo prefeito londrino contaram com a disponibilização de uma verba extra de 60 milhões de reais destinada ao combate à poluição e a adição de 600 novos ônibus híbridos na frota local. Até 2016 os ônibus trafegando por Londres com esta tecnologia devem somar 1.600.

Mesmo que a proposta de Johnson seja impactante, o prefeito recebeu críticas por parte dos membros do Partido Verde na Assembleia de Londres. Os ambientalistas reclamam, principalmente, da demora no cumprimento das medidas. Como o mandado atual expira em 2016, a responsabilidade por finalizar o projeto e fazer as normas vigorarem serão passadas a outro prefeito. “Essa é uma maneira de esquivar a responsabilidade pelos problemas que estamos enfrentando agora”, disse Jenny Jones, membro do Partido Verde, em declaração ao Financial Times.”

Nenhum comentário: