Leões africanos estão à beira da extinção, aponta relatório



Restaram 645 leões selvagens na África Ocidental e Central, diz LionAid. Espécie está extinta em 25 nações; na Nigéria, sobraram apenas 34 leões.

Do Globo Natureza / G1

Estima-se que existam hoje somente 15 mil leões selvagens vivendo na África, ante 200 mil há 30 anos. (Foto: Arquivo/Carley Petesch/AP)
Um relatório divulgado pelo grupo de proteção LionAid aponta que os leões selvagens africanos estão à beira da extinção, após um declínio acentuado da população nos últimos anos. As informações são do site do jornal britânico "The Guardian".

Segundo o documento, restaram apenas 645 leões em estado selvagem na África Ocidental e Central. O relatório revela ainda que a espécie está extinta em 25 nações africanas e corre risco de extinção em outras dez.

Estima-se hoje existam 15 mil leões selvagens vivendo no continente como um todo, ante 200 mil há 30 anos. "Houve um declínio catastrófico nas populações de leões na África, principalmente na África Ocidental," disse o Dr. Pieter Kat, diretor da LionAid, em entrevista ao “The Guardian”.

"Estes leões têm sido negligenciados por muito tempo e não existem programas de proteção adequados. Eles estão em perigo real de extinção", acrescentou Kat.”
Matéria Completa, ::AQUI::

Um comentário:

william haddad disse...

taí o tipo de notícia que não gosto de ler, mas todos precisamos ter esta informação, para termos a concientização de como o ser humano esta sendo prejudicial ao eco sistema do planeta........e cobrar as devidas atitudes dos governos mundiais para tal não acontecer...