Aves que vieram do paraíso


Macho colorido em seu habitat

“Os machos realizam exibições para seduzirem as fêmeas.


As aves-do-paraíso vivem em áreas da floresta tropical da Nova Guiné, norte da Austrália, Indonésia e Ilhas Moluscas. O nome foi dado pelos europeus por causa das plumas e penas coloridas. A alimentação das espécies não varia muito. Ela é onívora, baseada em frutos, folhas, anfíbios, insetos e outros invertebrados.

São aves de pequeno porte, que possuem uma grande variação de tamanho, entre 15 a 120 cm de comprimento. Uma das características mais chamativas nestas aves é o dimorfismo sexual. O macho é colorido, com várias cores do arco-íris, já as fêmeas são cinzentas ou castanhas.

Enquanto os machos das aves-do-paraíso vivem solitariamente, as fêmeas e seus filhotes agrupam-se em pequenos bandos, mas na época da reprodução eles procuram atrair a atenção delas realizando exibições que variam de espécie para espécie. No total são 43 espécies já encontradas.

As plumas das aves-do-paraiso são de grande importância para os nativos da Nova Guiné, que as têm como símbolo de melhor condição social. O mesmo acontecia com os europeus da metade do século XVI. Os registros da época mostram que após a descoberta da ilha, as plumas tornaram-se um adorno habitual nos chapéus das senhoras das classes média e alta. A partir de 1920, uma lei concedeu proteção ambiental às aves-do-paraíso e ela não corre risco de extinção.”

Nenhum comentário: