Catadora monta biblioteca com livros retirados do lixo


Atualmente, o acervo conta com 300 títulos, que podem ser emprestados gratuitamente
Ciclo Vivo

“Cleuza Aparecida Branco de Oliveira é uma catadora de recicláveis com um ideal na cabeça. Através de seu amor pela leitura, a senhora de 47 anos, sempre desejou ter uma biblioteca, para permitir que pessoas que não tivessem condições de comprar livros, pudessem lê-los. O sonho se tornou realidade.

A história de Cleuza foi contada pelo jornal Folha de S. Paulo. Em depoimento à publicação a catadora explicou que o acervo começou a ser feito a partir de obras de escritores famosos, como Machado de Assis, Érico Veríssimo, José Saramago, entre outros, encontradas no lixo.”
Foto: Folhapress
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: