Bactéria pode acabar com estrelas-do-mar que matam corais, diz estudo

Grande Barreira de Corais em imagem de janeiro de 2002. Nos últimos 27 anos, região perdeu mais de 50% de sua área viva
‘Cientistas ainda não sabem se micro-organismo é nocivo a outras espécies. Grande Barreira da Austrália perdeu mais de 50% da área viva em 27 anos.


Do G1 / AFP

Cientistas australianos anunciaram na segunda-feira (8) ter identificado uma bactéria capaz de erradicar estrelas-do-mar devoradoras de corais, embora ainda desconheçam se esse micro-organismo é nocivo para outras espécies marinhas.

A descoberta pode ser importante na luta contra a perda de recifes por causa de tempestades, do avanço das estrelas-do-mar e do aquecimento global.

Segundo um estudo publicado na semana passada por pesquisadores australianos, a Grande Barreira de Corais do país perdeu mais da metade de sua área viva nos últimos 27 anos.

A Acanthaster púrpura, espécie de estrela-do-mar invasiva também conhecida como "coroa de espinhos", é responsável por 42% dos danos.”
Foto: Centre for Marine Studies/The University of Queensland/Ove Hoegh-Guldberg/Reuters
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: