Executivos digitais custam menos

Apesar da impressão de mão de obra
escassa no mercado digital, profissionais
da área ainda ganham menos que
equipes de agências tradicionais

Meio&mensagem

“Líderes criativos de agências tradicionais custam mais caro que executivos de agências digitais, segundo estudo norte-americano

Um executivo digital sênior de uma agência nova-iorquina cobra de seus clientes, em média, US$ 350 por hora trabalhada. Criativos de mesma patente das agências tradicionais, porém, podem cobrar até o dobro disso. Esta é a conclusão de um estudo de 109 páginas realizado pela consultoria 4A, que se baseou nos valores cobrados por hora de serviço por agências.

A pesquisa mostra que, apesar de todas as teorias sobre uma possível escassez de talentos digitais no mercado de comunicação, muitos dos profissionais ligados a digital, mídias sociais e tecnologia ganham bem menos do que seus colegas de agências “tradicionais”.

Para chegar à conclusão, a 4A se baseou nas taxas de cobrança por hora trabalhada em 251 agências. Entre as participantes, estão Ogilvy, BBDO, Grey, JWT, Y&R, McCann e a Leo Burnett, além de butiques criativas como 72andSunny, CP&B, BBH, Mullen e Martin. Agências médias, digitais e de PR também foram consideradas, como SapientNitro, VML, Carat e Hill & Knowlton.

Foram considerados, também, novos cargos do universo digital. Entre eles, diretor de conteúdo, creative techonologist, desenvolvedor de mobile, blogueiro e gerente de estatísticas digitais. Nestes casos, os valores variaram de US$ 355 por hora de trabalho de um head de conteúdo a menos de US$ 200 para um desenvolvedor de mobile.”
Matéria Completa, ::AQUI::
Foto:: Sxc.hu

Nenhum comentário: