Abraço sela reencontro 'emocionante' de irmãos gorilas separados por dois anos

Fotos: Longleat Park

“Dois irmãos gorilas protagonizaram cenas emocionantes, ao se reencontrarem após mais de dois anos separados.

 O parque de diversões e safári Longleat, no sudoeste da Inglaterra, registrou o momento em que o gorila Kesho, de 13 anos, foi devolvido ao parque e reviu seu irmão mais novo, Alf, de nove anos.”
Da BBC Brasil

9 comentários:

Anônimo disse...

Ainda bem que são animais irracionais....devem servir de exemplo para muitos humanos

Unknown disse...

Lá vem os idiotas de sempre idolatrando animais e degradando seres humanos. Devem ter crescido com péssimos exemplos dentro de casa.

Maria Clara disse...

Não precisa ter exemplo ruim dentro de casa não, basta ligar a TV.
Ser humano é raça ruim... Única raça que acaba com seu próprio mundo.

Anônimo disse...

Raça ruim só se for na sua família. Porquê na minha não. Me ensinaram valores, aproveitar o bem da vida, ser educado, cortês, ter dedicação ao meu estudo. E assim quero passar adiante, estes ensinamentos. Que ao meu ver foram passados por uma família com muito caráter e valor.

Anônimo disse...

se sua família dá valores,entao vc seria um dos primeiros a afirmar que a especie humana é um lixo e ignorante,pois só estes destroem o mundo em que vivem e passam por cima de outras especies achando que são melhores, sem falar no que fazem com seus iguais...

Anônimo disse...

Ter valores e ser empático às dores dos animais é ser inteligente.
O que adianta ter valores e blá blá blá e se coloca acima de outras espécies como se fosse mais valioso. Pfffff

Anônimo disse...

Não existe "raça ruim", existem seres ruins. Que a meu ver só pode ser humano mesmo, pois pela concepção da maioria dos humanos, animais não tem psiquê e portanto desprovidos de moral e remorso. Só humanos tem a escolha de ser bom ou ruim. E humanos ruins são aqueles que rechaçam outras espécies subjugando-a.

Milenna disse...

concordo plenamente!

Bala disse...

Pois eu discordo!
Seres humanos ruins não são os que reconhecem cada espécie no seu devido lugar, mas os que desprestigiam e denigrem a própria espécie. Como esperar solidariedade, empatia, compreensão, compaixão ou qualquer sentimento digno de uma pessoa que odeia (ou tem sérias desconfianças) de sua própria espécie?
Vocês são o tipo de pessoas que se comovem com um animal mais do que com uma criança! Isso porque o sofrimento humano é infinitamente mais intenso e complexo pois é acompanhado de auto-consciência, ideais, frustrações, e diversos sentimentos que animais não tem! Bando de hipócritas!