Poluição disfarçada na China


“A China pode estar divulgando um número muito menor do que o verdadeiro de suas emissões de carbono.

Redação, The Economist / Envolverde

Para aqueles que moram na China e são forçados a respirar o ar do país todas as manhãs, as revelações de um novo relatório não serão surpresa, mas para analistas do clima esse documento se revelará uma leitura desagradável. De acordo com um novo estudo publicado no periódico Nature Climate Change, a China pode estar divulgando uma quantidade de emissões de carbono abaixo da verdadeira em até 1,4 bilhões de toneladas ao ano – aproximadamente a quantidade gerada pelo Japão, o quarto maior emissor de dióxido de carbono (CO2) do mundo, por ano.

A China é a maior emissora de CO2 do mundo e produz cerca de um quarto das emissões de carbono globais. Mas de acordo com um novo estudo, que usou mais de uma década de dados oficiais chineses, as emissões de carbono da China poderiam ser 20% maiores do que se pensava anteriormente. O estudo afirma que a discrepância de emissões de 2010 é equivalente a cerca de 5% da produção total global (em 2008).”
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: