Casacos de pele. Luxo ou crueldade?


O apelo popular pode fazer a diferença nessa questão.

Rede Ambiente

Todos se lembram do episódio em que Gisele Bündchen, a übermodel brasileira, teve a passarela invadida por representantes do PETA enquanto desfilava para a Victoria’s Secret em 2002. Os cartazes dos ambientalistas diziam “Gisele, a escória da pele”.

A revolta fora motivada pelo contrato que Bündchen tinha acabado de assinar com a Blackgama, uma fabricante de casacos de pele. Havia vinte dias que fotos da modelo usando casacos de vison tinham sido lançadas. As ações extremistas do PETA já foram alvo de diversas críticas, mas é difícil não entender a raiva que estes ambientalista tem dos casacos de pele – aquele que vestiu Bündchen na campanha, por exemplo, fora feito a partir da morte de pelo menos 20 visons.

Fruto da ação do PETA ou não, atualmente Gisele Bündchen é uma das celebridades verdes mais famosas do mundo, contribuindo para projetos como o Tamar, Y Ykatu Xingo e De Olho nos Mananciais. Seu site e seu blog, totalmente verdes, dão dicas de como levar uma vida mais sustentável.”
Matéria Completa, ::AQUI::

2 comentários:

Anônimo disse...

luxo porque nenhum mendigo tem casaco de pele,alem de que eles tiram a pele do bicho com ele ainda vivo eu ja vi o video

Anônimo disse...

luxo porque nenhum mendigo tem casaco de pele,alem de que eles tiram a pele do bicho com ele ainda vivo eu ja vi o video