Jardins suspensos

Uma igreja de teto verde na Islândia

“Não estão na Babilônia, e sim sobre o seu telhado.

Rede Ambiente

Os tetos verdes não são exatamente uma novidade. Na Escandinávia, eles são usados desde a pré-história: eram as construções predominantes das cidades vikings. Mas os modernos, que são usados hoje, são relativamente novos – foram desenvolvidos na Alemanha da década de 60.

As vantagens deste tipo de teto são inúmeras: filtram o ar e absorvem grande parte da chuva, o que é muito útil em áreas de enchente. Também funcionam como um ar condicionado natural, absorvendo até 40% do calor do sol – o que reduz gastos com energia. No inverno, também são capazes de isolar a temperatura interna, adiando o resfriamento. Além disso, criam um design único para o imóvel.

Eles sãos construídos em várias camadas. As camadas variam dependendo do clima do local. Em um país tropical, por exemplo, temos um revestimento impermeável, uma barreira de cobre, um tecido para retenção de água, dois filtros de diferentes espessuras e, finalmente, a terra.”
Foto: Ira Goldstein
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: