Executivo do Facebook diz que rede social pode servir para personalizar produtos


Redação, PortalIMPRENSA

“Em participação na última terça-feira (19/6), durante o "Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade", o diretor de planejamento de marca do Facebook, Paul Adams, disse que a rede social pode servir para personalizar produtos com base nos dados dos usuários.

"Cada ação conta uma história. Talvez os 'check-ins' (registros de presença em diferentes locais) não sejam uma informação interessante individualmente, mas o conjunto de visitas de uma pessoa em sua linha do tempo é valiosa. O importante é agregar essas informações", explica Adams.

Segundo o executivo, o Facebook representa um "mapa da humanidade", conectando usuários que compartilham informações atraídos por valores e produtos.

Segundo O Estado de S. Paulo, Adams exemplifica dizendo que, se um consumidor gosta de frequentar cafeterias, a empresa Starbucks deveria aproveitar dados do Facebook para se aproximar desse possível cliente.

"Poderei saber quem está consumindo aquele produto e por qual preço. E vou poder encontrar a mesma mercadoria sem ter de fazer uma busca. Tudo isso vai acontecer automaticamente", sugere.”

Nenhum comentário: