Mudança radical na salinidade do mar causa alteração na precipitação


David Fogarty, Reuters / Carbono Brasil 

“Cientistas detectaram uma mudança clara na salinidade dos oceanos, e descobriram que o ciclo que leva à precipitação e à evaporação se intensificou mais do que o esperado por causa do aquecimento global.

A descoberta, publicada na sexta-feira (27), ajuda a refinar as estimativas de quão diferentemente as partes do globo serão impactadas pelo aumento das chuvas ou das secas mais intensas à medida que o planeta esquenta, afetando colheitas, abastecimentos de água e defesas contra enchentes.
Cientistas liderados por Paul Durack, do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, relataram mudanças claras nos padrões de salinidade dos oceanos entre 1950 e 2000.

Os oceanos cobrem 71% da superfície do planeta e armazenam 97% da água mundial e são, portanto, a principal fonte de umidade na atmosfera através da evaporação.

O ciclo global de precipitação e evaporação da água da terra e da superfície do oceano compreende o ciclo global da água, com algumas áreas como os trópicos sendo naturalmente mais úmidas, e outras, como grandes partes da Austrália, dos Estados Unidos e do norte da África, mais secas.

Algumas regiões oceânicas são mais salgadas, significando menos chuvas, e outras mais doces, significando alta precipitação, tornando as medições de salinidade uma boa forma de medir as mudanças nos padrões de chuvas.
Durack e equipe, em um estudo publicado no jornal Science, descobriram que o ciclo da água se intensificou 4% de 1950-2000, duas vezes mais do que o projetado por modelos climáticos.

“Essas mudanças sugerem que as regiões áridas se tornaram mais secas e regiões com alta precipitação se tornaram mais úmidas em resposta ao aquecimento global observado”, disse Durack em uma declaração.
Cientistas entenderam há muito tempo a ligação entre a evaporação e as chuvas e os níveis de salinidade da superfície dos oceanos, mas têm lutado para quantificar apropriadamente essa relação.”
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: