Ursos polares apresentam sintomas de doença misteriosa


Yereth Rosen, UOL

“Os sintomas de uma doença misteriosa que já matou dezenas de focas no Alasca e contaminou morsas se manifesta agora em ursos polares, segundo o Geological Survey americano (USGS, na sigla em inglês).
Nove ursos polares da região do mar de Beaufort, perto de Barrow, foram encontrados com áreas de pele sem pelo e com feridas exsudativas, condições semelhantes às encontradas em focas e morsas doentes, afirmou a agência em um comunicado.

Segundo Tony DeGange, chefe do setor de biologia do Alaska Science Center da USGS, a não ser pelas lesões semelhantes às das focas e morsas afetadas, os ursos em questão pareciam saudáveis, não ocorrendo morte entre eles.

Os nove ursos afetados estavam entre os 33 que os biólogos capturaram e tiraram amostras para estudos de rotina na costa do Ártico, explicou DeGange.

Áreas com perda de pelo já foram observadas antes em ursos polares, mas a elevada prevalência nos animais encontrados pelos pesquisadores e os problemas simultâneos em populações de focas e morsas aumentam a preocupação, alertou ele.

O USGS está combinando com agências que estudam outros animais para investigar se existe uma ligação, acrescentou. “Há muita coisa que não sabemos ainda, se estamos lidando com fatores semelhantes ou diferentes”, avaliou ele.

O surto da doença foi observado pela primeira vez no verão passado. Cerca de 60 focas foram encontradas mortas e outras 75 doentes, de acordo com a National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA, na sigla em inglês). A maioria das focas afetadas era da espécie anelada, embora tenham sido encontradas também as de faixa, barbadas e pintadas.”
Foto: ©Nagel Photography/Shutterstock
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: