Tecnologia pode deixar lâmpadas de LED 230% mais eficientes

Ciclo Vivo

“Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT) estão desenvolvendo um modelo de lâmpada mais eficiente que o LED tradicional. A proposta é conseguir um sistema que seja capaz de gerar mais energia do que consome.

O maior exemplo de lâmpadas ineficientes são as incandescentes. Estes modelos são equipados com filamentos, que ao serem aquecidos produzem luz, mas também muito calor. Até mesmo as lâmpadas mais eficientes, como as fluorescentes e o LED geram calor, mesmo que em proporções menores.”

Nenhum comentário: