Pesquisadores brasileiros fazem descoberta na Antártica


Elton Alisson, Agência FAPESP

“Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) identificaram uma estrutura glacial fundamental para esclarecer a história paleoclimática da Antártica durante o período Mioceno (há cerca de 15 milhões de anos).

A estrutura – denominada pavimento de clastos glacial – comprova ter havido um período de expansão do manto de gelo da Antártica Ocidental, após o intervalo de aquecimento, denominado Ótimo Climático do Mioceno, quando se estima que o manto de gelo antártico começou a se expandir.

Os detalhes do estudo serão apresentados em julho durante a conferência bienal do Scientific Committee on Antarctic Research (Scar), que será realizada em Portland, nos Estados Unidos.

“O pavimento documenta um importante evento paleoclimático da Antártica Ocidental durante o Mioceno”, disse Antonio Carlos Rocha Campos, professor do Instituto de Geociências da USP e coordenador do projeto à Agência FAPESP. Rocha Campos conduziu projetos apoiados pela FAPESP, entre os quais o Temático “Controles tectônico, climático e paleogeográfico das características, gênese e preservação de depósitos glaciais pré-cenozoicos do Brasil”.
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: