Artigo aponta novas tendências em redes ecológicas


Fábio de Castro, Agência FAPESP

“A fim de investigar a organização de interações entre espécies em comunidades ecológicas, estudos recentes têm utilizado diferentes estratégias que vão da modelagem matemática a estudos de campo comparativos ou experimentais.

Independentemente da abordagem utilizada, um aspecto comum sobressai nesses estudos: a importância crucial de determinadas espécies individuais para a conservação da comunidade e para a manutenção funcional dos ecossistemas.

Essa tendência nos estudos sobre redes ecológicas foi destacada em artigo publicado na edição atual da revista Science por Thomas Lewinsohn, professor do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e Luciano Cagnolo, do Instituto Multidisciplinar de Biologia Vegetal da Universidade Nacional de Córdoba (Argentina).

O artigo foi publicado na seção Perspectives da revista, na qual especialistas mundialmente consagrados em suas áreas comentam e avaliam avanços recentes em um tema específico.

Lewinsohn e Cagnolo foram convidados para comentar três artigos publicados entre fevereiro e março na Science, que apresentavam diferentes maneiras de investigar a organização de interações entre espécies em comunidades ecológicas.”
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: