Norte-americanos criam incubadoras feitas a partir de peças de carro

Norte-americanos criam incubadoras feitas a partir de peças de carro


“Bebês prematuros têm dificuldade em regular sua temperatura corporal, e muitas vezes isso pode levar à falência de órgãos e morte. Para reduzir a incidência de morte entre os bebês, um grupo de estudantes norte-americanos inventou a incubadora NeoNurture.

O interessante sobre este dispositivo é o fato de que é feito a partir de peças de carros recicladas. Capaz de ser alimentada por uma bateria de moto, a incubadora proporciona aquecimento e um ventilador para a circulação de ar, luzes que piscam e um sistema de alarme de porta são usados para alertar os médicos no caso de falha do sistema de aquecimento.

Todo ano mais de quatro milhões de crianças em países em desenvolvimento morrem no primeiro mês de nascimento. Metade desses recém-nascidos poderia sobreviver se fosse oferecido a eles um ambiente quente e limpo, para crescerem mais fortes. Nos países em desenvolvimento, não só há acesso limitado a serviços modernos e às incubadoras de alta tecnologia, mas também faltam infraestrutura e peças de reposição, que tornam tais dispositivos inúteis.

O objetivo dos criadores do projeto é desenvolver uma incubadora que aproveita peças de reposição disponíveis localmente e a linguagem mecânica familiar do design automotivo para criar um produto de contexto apropriado que pode ser mantido localmente.

A incubadora foi desenvolvida pela Design That Matters (DTM), nomeado na categoria "People's Design Award”, para o Prêmio nacional de Design, em 2010. Ativo no desenvolvimento da tecnologia para recém-nascidos desde 2004, a DTM teve a grande sorte de trabalhar com diversos estudantes talentosos, profissionais voluntários e especialistas para o desenvolvimento da NeoNurture, The Car Parts Incubator.

Parceiros como a Medicina Mondiale, na Nova Zelândia, e o Centro de Integração de Medicina e Tecnologias Inovadoras (Cimit), em Boston, estiveram ativos no desenvolvimento do conceito.

O projeto foi beneficiado com as ideias de design e experiência clínica de especialistas de saúde do Children's Hospital, St. Elizabeth's Hospital, Brigham and Women's Hospital e a Escola de Medicina Harvard, em Boston, bem como especialistas na saúde de recém-nascidos no Nepal, Índia, Bangladesh, Camboja, Vietnã e Indonésia.

O design do NeoNurture é baseado nos conceitos e protótipos desenvolvidos por professores e estudantes voluntários no MIT, The Rhode Island School of Design (RISD), da Universidade de Stanford e da Universidade do Arizona, e da contribuição de profissionais voluntários da empresa IDEO e empresas de engenharia e design de Boston. O protótipo alpha foi construído por Tom Weis, Hahn e Mike Adam Geremia da RISD, e o protótipo beta foi construído por Tom Weis, Rothschild Emily, Huy Vu, Paul Sherwood-Berndt e Donelly Mike. Com informações do DTM.”

Nenhum comentário: