Aquários trazem paz apenas para quem vê de fora

Estudo mostra que peixes em aquários pequenos têm maior tendência à agressividade

iG / The New York Times

Os aquaristas que criam peixes tropicais dirão que seus aquários são uma fonte de relaxamento, mas uma pesquisa recente sugere que os peixes podem discordar.

Quase 13 milhões de lares nos Estados Unidos possuem um aquário, e o aquário médio tem menos de 40 litros. Ainda assim, um estudo comparando o comportamento de peixes comuns de água doce em diversos habitats descobriu que os mantidos em aquários pequenos eram consideravelmente mais agressivos do que os que vivem nos grandes -- têm maior propensão a brigar, inflar as guelras e proteger qualquer cantinho minúsculo que encontrarem.

"Em aquários maiores, os peixes não se mantinham o tempo todo à vista um do outro, e ficavam nadando ao redor conferindo tudo em vez de ficarem se digladiando", disse o autor do estudo, Ronald G.

Oldfield, professor de biologia da Case Western Reserve University.
O peixe em questão era o ciclídeo midas, espécie popular entre aquaristas pelas cores brilhantes e natação ativa. Oldfield usou apenas peixes bastante jovens para eliminar comportamentos agressivos associados ao acasalamento.

Oldfield reconhece que o bem-estar do peixe pode não despertar emoções profundas. "Provavelmente não é o fim do mundo", disse durante entrevista telefônica. Nem a Sociedade Protetora dos Animais, que costuma produzir comerciais com imagens em câmera lenta de animais que sofreram violência, oferece diretrizes para o tratamento de peixes de estimação.

"Trabalhamos com quase todas as questões animais que existem, mas não creio que esta seja uma delas", afirmou um porta-voz por e-mail.

Ainda assim, Oldfield observou que o aquário doméstico médio tinha apenas um décimo do tamanho do menor tanque do estudo para produzir peixes dóceis.

"Se as pessoas mantivessem cachorros nessas condições, seriam presas. Isso é algo em que deveríamos pensar."
Foto: Getty Images
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: