Projeto Arara Azul completa 22 anos de preservação da espécie


Ciclo Vivo

“O objetivo do Projeto Arara Azul é evitar a extinção da espécie no Pantanal Sul Mato-Grossense. Atualmente existem cinco mil na região, sendo que em 1990 eram computados 1.500. Até o final de julho deste ano foram monitorados 110 ninhos da arara.

A maior parte destes abrigos é natural, 57, e os outros 53 são artificiais. Segundo os pesquisadores envolvidos no projeto, 45 ninhos apresentaram postura de ovos e o nascimento de filhotes em 2011, sendo 42 de araras-azuis e três de araras-vermelhas.

O projeto foi idealizado pela bióloga Neiva Guedes, que também é professora do Curso de Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Universidade Anhanguera-Uniderp.

Entre os filhotes vivos, 59% voarão de ninhos artificiais, ou seja, desenvolvidos e instalados por profissionais do Projeto Arara Azul. O Refúgio Ecológico Caiman, que está localizado na sede do projeto, trabalha com o turismo de observação onde se encontra 87% dos ninhos.”
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: