Crime ambiental: pescadores descartam milhares de savelhas mortas no RS


Centenas de peixes surgiram, hoje, ao longo de dois quilômetros da praia do Cassino; eles foram pescados em alto mar e jogados, sem vida, de volta ao oceano

Brasil 247

O que parecia um desastre ambiental de grandes proporções – o aparecimento, na manhã desta sexta-feira 26 de centenas de peixes da espécie Savelha mortos ao longo de dois quilômetros da praia do Cassino, no litoral do Rio Grande do Sul – foi, na verdade, ‘obra’ feita pela mão humana. Pescados em alto mar pelos barcos que saem todos os dias à cata de peixes considerados mais nobres e de maior valor de mercado, o cardume de Savelha foi simplesmente descartado longe da costa. As correntes marinhas se encarregaram de trazê-los, sem vida, para a praia. Os autores do descarte não puderam ser identificados pelas autoridades.

De acordo com informações do Núcleo de Monitoramento Ambiental (Nema), os pescadores valorizam a temporada capturando animais da espécie corvina, que são vendidos por preços elevados durante as festas de final de ano.”
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: