Vazamento de petróleo no RJ pode ser 23 vezes pior que o estimado


Ciclo Vivo

“O vazamento de petróleo ocorrido em uma das plataformas da Bacia de Campos, operada pela empresa norte-americana Chevron, pode ser 23 vezes pior do que o montante divulgado inicialmente. A estimativa foi divulgada na última quinta-feira (17) e tem como base dados fotográficos fornecidos pela Nasa.

A anomalia na extração de petróleo foi identificada no dia sete de novembro e dois dias depois, as obras de perfuração na região foram suspendidas. Inicialmente a Chevron previu que o vazamento fosse de aproximadamente 60 barris por dia, valor equivalente a dez mil litros de petróleo. Dois dias depois os dados da empresa já marcavam uma média de 650 barris despejados diariamente no oceano.”
Matéria Completa, ::Aqui::


Nenhum comentário: