Defeso quer garantir a reprodução de seis espécies de peixes amazônicos


Na lista os peixes pirapitinga, mapará, sardinha, matrinchã, pacu e aruanã. Multa varia entre R$ 150 e R$ 30 mil.

G1

A partir desta terça-feira (15) está proibida a pesca e comercialização dos peixes amazônicos pirapitinga, mapará, sardinha, matrinchã, pacu e aruanã. O período de defeso, determinado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para permitir a reprodução destas espécies, vai até o dia 15 de março.

De acordo com o secretário de Aquicultura e Pesca do Amazonas, Geraldo Bernardino, o pescador que insistir na captura das espécies protegidas pelo defeso serão detidos, multados e ainda terão a mercadoria apreendida. A multa varia de R$ 150 a R$ 30 mil, conforme o volume da carga apreendida.”
Matéria Completa, ::Aqui::



Nenhum comentário: