Concentração de GEEs na atmosfera aumentou, diz NOAA


Reforçando dados recentes de que as emissões mundiais vêm subindo, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos constatou que a presença de gases do efeito estufa na atmosfera cresceu 2% em 2010

Fabiano Ávila, Instituto CarbonoBrasil/NOAA

Na última semana, dois relatórios destacaram o ritmo crescente das emissões de gases do efeito estufa (GEEs). O primeiro foi publicado pelo Departamento de Energia dos EUA e afirma que os níveis de dióxido de carbono (CO2) subiram 6% em 2010. Em seguida, foi a vez da consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC) divulgar um documento no qual demonstra que a intensidade global de carbono aumentou 5,8% no ano passado.

Agora, é a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) fazer o alerta de que a concentração de GEEs na atmosfera cresceu 2% entre 2009 e 2010. Desde 1990, a concentração desses gases subiu 29%.

O nível de CO2, por exemplo, chegou a 389 partes por milhão (ppm), contra 386ppm no ano anterior. Antes da Revolução industrial, no fim do século XIX, a concentração de CO2 era de apenas 280ppm. A taxa média de crescimento do CO2 foi de 1,68ppm anuais nos últimos 31 anos, sendo que esse ritmo vem se acelerando. Em 1995, a taxa estava em 1,43ppm e já no ano seguinte passou para 1,94ppm.”
Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: